RSS


Voltar

Cosméticos suspensos após inspeção em fábricas

PRODUTOS IRREGULARES

Cosméticos suspensos após inspeção em fábricas

Produtos foram suspensos após inspeção nas linhas de fabricação das empresas.
Por: Ascom/Anvisa
Publicado: 09/07/2018 16:43
Última Modificação: 09/07/2018 16:49

A Anvisa suspendeu na última sexta-feira (6/7) os produtos cosméticos de duas empresas do setor. As duas ações foram tomadas após a inspeção da vigilância sanitária que encontrou problemas no processo de fabricação.

Uma das empresas é a Viavip Cosméticos Ltda, que teve todos os seus produtos de beleza suspensos. Uma inspeção realizada no último mês de abril encontrou problemas na produção e falta de atendimento às Boas Práticas de Fabricação de Cosméticos.

A outra empresa afetada é a Palmindaya Cosméticos Ltda. Durante a inspeção, ficou comprovada a fabricação de cosméticos fora das especificações aprovadas, com alteração da faixa de PH dos seus produtos. O PH é utilizado para medir o nível de acidez das substâncias.

No caso da empresa Palmindaya, foram suspensos seis diferentes produtos. Confira a lista abaixo.

  • Loção Após Barba Mentolada Palmindaya (todos os lotes fabricados em 2017).
  • Loção Após Barba Com Aloe Vera (todos os lotes fabricados em 2017).
  • Loção Após Barba Sport (todos os lotes fabricados em 2017).
  • Creme de Barbear Mentolado Palmindaya, lote 593, fabricado em 20/07/2017.
  • Creme com Extrato De Pepino Palmindaya Hidratante, lote 0083, fabricado em 27/04/2017.
  • Desodorante Creme Hidratante Mãos E Pés Essência Flor De Laranjeira Palmindaya, lote 011, fabricado em 16/06/2017.

 

Quer saber as notícias da Anvisa em primeira mão? Siga-nos no Twitter @anvisa_oficial e Facebook @AnvisaOficial