Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Hipogonadismo masculino: os custos e tratamentos

Boletim Saúde & Economia

Hipogonadismo masculino: os custos e tratamentos

Última publicação da Anvisa comparou os custos envolvidos no tratamento de níveis de testosterona. Saiba como acessar este e demais boletins de saúde
Por: Ascom/Anvisa
Publicado: 23/01/2017 17:34
Última Modificação: 06/04/2017 11:46

A nova edição do Boletim Saúde & Economia já se encontra disponível para o público. A 12ª edição trata sobre o hipogonadismo masculino e apresenta comparações de custo de tratamento entre os medicamentos à base de testosterona disponíveis no mercado nacional. O relatório levantou as formulações injetáveis disponíveis e indicadas para o tratamento do hipogonadismo masculino, observando grande variação no custo de tratamento semestral com opções terapêuticas distintas.

O Boletim Saúde & Economia tem o objetivo de auxiliar a tomada de decisão quando há mais de uma opção terapêutica para o tratamento de uma doença. Não há, no entanto, comprovação de superioridade em relação à eficácia e segurança entre os medicamentos, existindo apenas, diferença nos preços. A publicação atende desde consumidores, profissionais de saúde a estudantes, gestores e outros agentes interessados

Além de informações sobre a doença tema de cada número, a publicação traz dados sobre os tratamentos, os medicamentos utilizados e os seus custos. Interessados poderão, ao final da leitura, encontrar uma comparação entre os custos de tratamento dos medicamentos, que evidencia o mais caro e o mais barato.

Até o ano de 2014 foram publicadas 11 (onze) edições do boletim. Os temas abordados foram: Osteoporose, Glaucoma, Refluxo gastroesofágico, Hipertensão arterial, Epilepsia, Dislipidemia, Disfunção Erétil, Rinite alérgica, Anemia por Deficiência de Ferro, Transtornos de ansiedade e Endometriose. Todas as edições estão disponíveis no portal eletrônico da Anvisa e os cidadãos podem mandar críticas e contribuições por meio do e-mail institucional saúde.economia@anvisa.gov.br

 

Quer saber as notícias da Anvisa em primeira mão? Siga-nos no Twitter (@anvisa_oficial)!

Encontrou algum problema nesta notícia? Mande um e-mail para noticias@anvisa.gov.br