Notificações em Hemovigilância


Este sistema de informação é uma importante ferramenta para a notificação e o monitoramento de eventos adversos relacionados ao uso de produtos sob vigilância sanitária, dentre eles, o sangue e seus respectivos eventos adversos, inclusive das reações transfusionais . A partir de março de 2015, com as novas diretrizes propostas no Marco Conceitual e Operacional de Hemovigilância, eventos adversos do ciclo do sangue dentre eles os quase-erros, os incidentes e as reações transfusionais devem ser notificados no sistema informatizado.  O Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária –  Notivisa está acessível, mediante cadastro, a todos os serviços de saúde e de hemoterapia que realizam transfusão e outros procedimentos do ciclo do sangue   , para a notificação desses eventos  adversos que ocorrerem em suas dependências. Ele pode ser acessado pelos diferentes entes do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), em tempo real, para o gerenciamento das notificações de sua área de abrangência.

 

O Notivisa é único e comum a todos os envolvidos no processo, com uma fichas padronizadas. No caso da Hemovigilância, os eventos adversos devem ser inseridos no sistema por profissionais dos serviços de saúde e de hemoterapia cadastrados institucionalmente, uma vez que os processos do ciclo do sangue ocorrem nesses serviços.

 

As reações à doação de sangue poderão ser notificadas em um formulário construído no FormSus, cujo link poderá ser acessado pela página inicial do Notivisa. 

 

Manual de preenchimento da nova ficha de Hemovigilância