Notificações relacionadas à doação ou transfusão de sangue - instituições de saúde Notificações relacionadas à doação ou transfusão de sangue - instituições de saúde

  O que você quer notificar? 

 

 

 Reações adversas à transfusão

 

Reações adversas à transfusão são suspeitas de danos a indivíduos que receberam transfusão de sangue ou hemocomponente (concentrado de hemácias, plasma, plaquetas, entre outros). Exemplos: reação hemolítica, reação alérgica, reação febril não hemolítica, reação por contaminação bacteriana, lesão pulmonar aguda relacionada à transfusão.

 

 

 

 Reações graves à doação

 

Reações graves à doação são suspeitas de problemas durante doação de sangue ou coleta de células progenitoras hematopoéticas. Exemplos: eventos que resultem em deficiência ou condições de incapacitação, necessidade de intervenção médica ou cirúrgica, hospitalização prolongada, óbito ou risco à vida.

 

 

 Incidentes graves sem reação/Quase-erros graves

 

Incidentes graves sem reação são problemas descobertos durante ou após transfusão ou doação de sangue que levaram a procedimentos inadequados, mas que não geraram reações adversas.

Quase-erro são desvios de procedimentos padrão detectados antes do início da transfusão ou doação e que poderiam ter resultado em transfusão errada, reação transfusional ou reação à doação.

Informações úteis Informações úteis