Voltar

Lote de loção capilar Palmindaya é suspenso pela Anvisa

Produto Suspenso

Lote de loção capilar Palmindaya é suspenso pela Anvisa

Laudos laboratoriais apontaram resultado insatisfatório no teor de chumbo do produto.
Por: Ascom/Anvisa
Publicado: 02/02/2017 09:59
Última Modificação: 02/02/2017 10:23

O cosmético Loção Restauradora Progressiva Palmindaya for Woman teve o lote 284 do produto suspenso. De acordo com laudo emitido pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, tal lote apresentou resultado insatisfatório no ensaio de teor de chumbo.

O resultado obtido de 0,7% enquanto o valor referência permitido pela legislação sanitária é de 0,6%. A Anvisa, portanto, determinou a suspensão da distribuição, comercialização e uso do lote 284. A empresa fabricante do cosmético, a Palmindaya Cosméticos Ltda, é responsável por promover o recolhimento do estoque em questão.

O risco do chumbo

Segundo a avaliação de segurança de preparações cosméticas contendo acetato de chumbo a 0,6% em tinturas capilares progressivas, o uso de acetato de chumbo a 0,6% em tinturas capilares não evidenciou, até a presente data, possíveis danos à saúde.

Estudos quanto a utilização de acetato de chumbo em tinturas capilares progressivas indicam, ainda, a baixa absorção desta substância pelo couro cabeludo.

No entanto, o conteúdo de chumbo no produto final não deve exceder 0,6% e as rotulagens dos produtos devem conter as informações de segurança, uso e restrições, propriamente identificadas.

Confira a resolução RE 251/17 na íntegra, publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quinta-feira (02/02).


Você não tem os papéis necessários para acessar este portlet.