Voltar

Evento vai debater efetividade clínica de implantes

PRODUTOS PARA A SAÚDE

Evento vai debater efetividade clínica de implantes

Painel sobre implantes urogenitais será realizado nesta quinta-feira (16/5), às 14h30, na sede da Anvisa, em Brasília. Não é necessário fazer inscrição prévia.
Por: Ascom/Anvisa
Publicado: 15/05/2019 09:16
Última Modificação: 15/05/2019 09:23

A Anvisa realizará nesta quinta-feira (16/5), às 14h30, um Painel Técnico sobre a efetividade clínica e o risco ao paciente na comercialização das telas de implantação transvaginal e mini-sling de incisão única. O debate ocorrerá no auditório da Agência, em Brasília. Os interessados não precisam fazer inscrição prévia. 

Foram convidados a participar do painel a Associação Médica Brasileira (AMB), a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e os representantes da Câmara Técnica de Implantes. 

A segurança desses dispositivos e os procedimentos de implantação têm sido internacionalmente discutidos e criteriosamente avaliados pelas autoridades regulatórias e pela comunidade científica, incluídas as associações e sociedades constituídas por profissionais especializados em obstetrícia, ginecologia e uroginecologia. Em fins de 2017, a agência australiana TGA (Therapeutic Goods Administration – Administração de Produtos Terapêuticos) cancelou o registro das telas de implantação transvaginal e dos mini-slings de incisão única na Austrália. 

Telas transvaginais 

Telas ou malhas transvaginais são dispositivos implantáveis cuja finalidade é corrigir disfunções no assoalho pélvico, como prolapso de órgão pélvico. Os kits de malha transvaginal para prolapso foram desenvolvidos no início dos anos 2000, com vistas à redução do prolapso pélvico compartimental ao recriar um assoalho pélvico normal. 

Mini-slings 

Mini-slings ou slings de incisão única são dispositivos mais curtos em comprimento do que os slings de terço médio da uretra, destinados ao tratamento de incontinência urinária por esforço. Devido às dimensões, esses produtos não penetrariam tão profundamente nos tecidos como os slings padrão. 

Quer saber as notícias da Anvisa em primeira mão? Siga-nos no Twitter @anvisa_oficial, Facebook @AnvisaOficial, Instagram @anvisaoficial e YouTube @anvisaoficial