Depressão ganha tratamento novo no Brasil

Medicamentos

Depressão ganha tratamento novo no Brasil

Novo medicamento é o VIIBRYD® (cloridrato de vilazodona), que poderá ser comercializado em três dosagens diferentes.
Por: Ascom/Anvisa
Publicado: 21/08/2017 19:02
Última Modificação: 06/12/2018 11:02

Um novo tratamento para a depressão foi aprovado pela Anvisa e deve chegar ao mercado nos próximos meses. O novo medicamento é o VIIBRYD® (cloridrato de vilazodona), que estará disponível na forma de comprimidos, nas concentrações de 10mg, 20mg e 40mg. 

O produto é indicado para o tratamento do transtorno depressivo maior (TDM) em adultos, doença mais conhecida como depressão. 

O medicamente será fabricado pela empresa Patheon Puerto Rico Inc, localizada nos Estados Unidos. A dona do registro do medicamento no Brasil e responsável pela comercialização é a empresa Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda. 

O que é o transtorno depressivo maior? 

De acordo com o Manual de Diagnóstico e Estatística para Distúrbios Mentais (DSM-IV-TR), o transtorno depressivo maior consiste em um ou mais episódios depressivos maiores. Um episódio depressivo é marcado pela tristeza persistente ou perda de interesse em atividades da vida cotidiana que prejudicam o dia a dia da pessoa. 

A depressão é uma doença comum. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, a depressão atinge cerca de 5,8% da população brasileira, ou seja, cerca de 11 milhões de pessoas. 

Como funciona o VIIBRYD® (cloridrato de vilazodona)? 

Segundo o conhecimento médico atual, uma das causas da depressão seria a neurotransmissão deficiente nas sinapses centrais da serotonina (5-HT). Por isso, um agente que aumenta a transmissão de 5-HT seria um eficaz antidepressivo. A vilazodona é um inibidor seletivo da recaptação da serotonina (ISRS) e um agonista parcial dos receptores serotoninérgicos 5-HT1A, o que justifica o seu desenvolvimento para o tratamento do transtorno depressivo maior. 

 

Quer saber as notícias da Anvisa em primeira mão? Siga-nos no Twitter @anvisa_oficial e Facebook @AnvisaOficial