Notificações de medicamentos - profissionais de saúde Notificações de medicamentos - profissionais de saúde

Olá, profissional de saúde!

Você é nosso parceiro para monitorar o uso dos medicamentos e vacinas no país. Não há necessidade da certeza de que o medicamento ou vacina seja a causa. A suspeita é suficiente.

No caso de eventos adversos, notifique principalmente as reações graves – que resultem em óbito, risco de morte, hospitalização, prolongamento da hospitalização, anomalia congênita e incapacidade persistente ou permanente – e as reações não descritas na bula.

A Anvisa está implantando um novo sistema para notificação de eventos adversos de medicamentos e vacinas, o VigiMed.Neste momento, ele está disponível para os profissionais de saúde liberais, bem como para as vigilâncias sanitárias estaduais e serviços de saúde (rede sentinelas, hospitais, ambulatórios, etc). Por enquanto, as empresas farmacêuticas devem continuar a utilizar o Notivisa 

Escolha uma opção abaixo para ser direcionado para o canal correto de notificação:

 

Profissionais de saúde liberais

Notifique por aqui suspeitas de eventos adversos de medicamentos no caso de não estar vinculado a nenhuma instituição. Acesso sem cadastro.

Serviços de saúde e Vigilâncias Sanitárias

Notifique aqui quando estiver vinculado a um serviço de saúde ou vigilância sanitária estadual. Caso não tenha cadastro, solicitar pelo e-mail vigimed@anvisa.gov.br, informando nome da instituição, nomes dos profissionais, e-mails, telefones e cargos.

Empresas

Notique aqui as suspeitas de eventos adversos de medicamentos seguindo a regulamentação de farmacovigilância.

Ensaios clínicos

Notifique aqui eventos adversos graves em ensaios clínicos com medicamentos ou produtos biológicos