Rede Nacional de Laboratórios em Vigilância Sanitária


Com o objetivo de disponibilizar informações sobre a capacidade analítica dos laboratórios que compõem a Rede Nacional de Laboratórios de Vigilância Sanitária (RNLVISA), a Anvisa publica o Perfil Analítico dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública - 2016.

Fazem parte desta publicação os vinte e sete Laboratórios Centrais de Saúde Pública, sendo um de cada estado da federação e do Distrito Federal, o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) e cinco laboratórios municipais, que juntos formam a RNLVISA.

Esta edição atualiza as informações referentes aos ensaios realizados, nos laboratórios da Rede, nos produtos sujeitos à Vigilância Sanitária e de interesse à saúde, tais como cosméticos, saneantes, medicamentos, insumos farmacêuticos, sangue, componentes e hemoderivados, água, alimentos, produtos e serviços de saúde.

A consulta ao perfil pode ser realizada por laboratório ou por categoria de produto de interesse sanitário.

A publicação, cuja primeira versão foi elaborada em 2012, é uma importante ferramenta de gestão, que possibilita a conformação de sub redes analíticas de vigilância sanitária, para o atendimento às atividades de rotina. Possibilita, ainda, a elaboração de programas e projetos de avaliação analítica de produtos ou serviços, para investigações sobre desvio de qualidade e monitoramento de produtos, bem como para a realização de pesquisas pela Vigilância Sanitária (VISA) sobre as instituições que procedem as análises laboratoriais de seus interesses.

Como foi feita a coleta de informações?

Cabe destacar que a coleta da amostra é etapa primordial das análises laboratoriais e monitoramento dos produtos e/ou serviços de interesse à saúde. Nesse sentido, é fundamental frisar a importância da parceria entre os laboratórios e as coordenações de vigilância sanitária dos estados e dos municípios. As análises laboratoriais são realizadas somente após as coletas dos produtos serem realizadas em sua grande maioria pelas vigilâncias sanitárias dos estados e municípios.

Já o processo de recebimento das informações foi feito por meio de formulários FormSUS preenchidos pelos próprios representantes dos laboratórios e a compilação das informações foi feita pela Gerência de Laboratórios de Saúde Pública (Gelas) da Anvisa.

As informações do Perfil Analítico são de uso dos trabalhadores e dos gestores do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) e também do cidadão interessado na qualidade dos produtos sujeitos à vigilância sanitária.

Saber a capacidade analítica dos laboratórios contribui para a efetiva interação entre os laboratórios e os órgãos de vigilância sanitária e para o maior aproveitamento da capacidade analítica nacional para atendimento às necessidades laboratoriais locais, regionais e nacionais.

 Laboratórios oficiais por perfil analítico