Orientações interpretativas


 

Orientação Interpretativa nº 02, de 13 de novembro de 2006 
Nos fornecimentos para órgãos públicos por meio de licitações ou não, o Distribuidor é obrigado a vender os produtos tendo como referencial máximo o preço fabricante.