A informação é o melhor

 remédio

 

O que vale saber sobre a propaganda e o uso de medicamentos

 

“A informação é o melhor remédio” foi uma campanha lançada pela Anvisa,    em setembro de 2008, para esclarecer a população sobre os problemas causados pela automedicação, pelo uso indiscriminado de medicamentos e pela influência publicitária no consumo desses produtos.

Com uma linguagem clara e objetiva, pincelada com uma boa dose de humor, foram criadas peças publicitárias de informação e de promoção da saúde, para apoiar as ações educativas em vigilância sanitária. O material foi distribuído aos profissionais da saúde e da educação (projeto Educanvisa), aos técnicos dos órgãos de defesa do consumidor e à população atendida pelo programa Farmácia Popular do Brasil.

Foram produzidos cinco vídeos (DVD) e cinco spots de rádio (CD) com informações do médico Dráuzio Varella e da farmacêutica Maria Eugênia Cury. Além de cederem os direitos de uso de voz e de imagem para as produções audiovisuais, esses dois profissionais doaram seus cachês para a campanha. Um guia de orientação com dicas para trabalhar com os vídeos; uma cartilha e cinco cartazes também fizeram parte do kit promocional.

A campanha contou com a parceria do Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde (DAF/MS) e da organização não governamental Centro de Criação de Imagem Popular (Cecip), do Rio de Janeiro.

 

Material de apoio ao desenvolvimento da campanha

O DVD contém cinco programas em três versões de 4 minutos, de 1 minuto e de 30 segundos. Os vídeos discorrem sobre assuntos como comportamento de risco, cuidados e alertas sobre o uso de medicamentos.

Vídeo 1 - Qual é o remédio? (vídeos em 30 segundos, 60 segundos e 3 minutos

Vídeo 2 - Tarjas e Receitas (vídeos em 30 segundos, 60 segundos e 3 minutos)

Vídeo 3 - Quando a esmola é demais (vídeos em 30 segundos, 60 segundos e 3 minutos)

Vídeo 4 - Propaganda não é o remédio (vídeos em 30 segundos, 60 segundos e 3 minutos)

Vídeo 5 - Drogaria não é supermercado (vídeos em 30 segundos e 60 segundos e 3 minutos)

 

Para a veiculação em rádio foi criado um CD, contendo cinco spots, de 30 segundos cada, na voz de Dráuzio Varella:

Faixa 1

Faixa 2

Faixa 3

Faixa 4

Faixa 5

 

Além do material audiovisual, foram elaborados: um guia, com dicas para trabalhar com os vídeos e os spots; uma cartilha com informações complementares; e cinco tipos de cartazes, com mensagens educativas alusivas ao tema.

As peças publicitárias, incluindo áudio e vídeo, podem ser reproduzidas sem limite de tiragem, mas somente para fins educativos e não comerciais, desde que citada a fonte.