Trilhas de aprendizagem

Trilhas de desenvolvimento profissional, ou trilhas de aprendizagem, podem ser definidas como caminhos alternativos e flexíveis para o aprimoramento pessoal e profissional, que abrangem, inúmeras opções de aprendizagem disponíveis ao servidor, dentro de uma determinada temática. 

Não estão restritas a cursos presenciais e podem abranger livros, revistas, publicações internas, cursos auto-instrucionais, vídeos e filmes, sites na Internet, estágios e sessões de orientação profissional, entre outros, cabendo ao interessado escolher as ações mais adequadas às suas necessidades, gostos e preferências.

Para a Anvisa, esta ferramenta de aprendizagem e disseminação do conhecimento surge como parte do “Modelo de Gestão por Competências da Anvisa”, definido em 2013, apresentando-se como uma estratégia atual no contexto da gestão de pessoas, e tem como principais objetivos:

  • Contribuir com o desenvolvimento dos servidores e gestores da Anvisa, estimulando o autodesenvolvimento profissional
  • Incentivar a gestão do conhecimento organizacional, por meio da sistematização e compartilhamento de conhecimentos gerados em âmbito organizacional
  • Promover o alinhamento do desenvolvimento dos servidores com as estratégias da instituição
  • Possibilitar uma maior integração entre as unidades organizacionais e estimular melhorias nos processos de trabalho
  • Desenvolver um ambiente colaborativo, que traga motivação e engajamento dos servidores
  • Estimular a formação de um ambiente voltado à modernização, inovação e gestão de resultados

 

Acesse as Trilhas de aprendizagem da Anvisa (Inicialmente, o acesso é restrito a servidores da Agência, mas se você quiser mais informações sobre o “Modelo de Gestão por Competências da Anvisa”, entre em contato pelo e-mail ggpes@anvisa.gov.br).