PROADI/SUS


O Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) é uma ação do Ministério da Saúde (MS) dirigida ao fortalecimento do SUS em parceria com hospitais filantrópicos de qualidade reconhecida. A Lei nº 12.101, de 27 de novembro de 2009, que dispõe sobre a certificação das entidades beneficentes de assistência social e regula os procedimentos de isenção de contribuições sociais, atribui o termo “excelência” para as instituições que participam dos benefícios de isenção.

De acordo com o artigo 11 dessa lei, para ser considerada beneficente e fazer jus à certificação, a entidade de saúde de reconhecida excelência poderá realizar projetos de apoio ao desenvolvimento institucional do SUS, celebrando ajuste com a União, por intermédio do MS, em qualquer das áreas de interesse do SUS.

Essa lei estabelece, como critério alternativo para as instituições filantrópicas habilitadas como de excelência, a possibilidade de substituição da obrigatoriedade de 60% da sua atividade assistencial prestada ao SUS e remunerada segundo tabela SUS, pela opção de se integrar ao PROADI-SUS, apresentando projetos baseados nos temas prioritários determinados pelo MS a serem executados em um período de três anos nas seguintes áreas: a) estudos de avaliação e incorporação de tecnologia; b) capacitação de recursos humanos; c) pesquisas de interesse público em saúde; e d) desenvolvimento de técnicas e operação de gestão em serviços de saúde.

Atualmente cinco hospitais obtiveram o reconhecimento como hospital de excelência (HE), sendo quatro da cidade de São Paulo: a) Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC –SP); b) Hospital do Coração (HCor –SP); c) Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE –SP); e d) Hospital Sírio Libanês (HSL –SP) e um localizado em Porto Alegre f) Hospital Moinhos de Vento (HMV –RS).

A Anvisa participa do Programa desde o primeiro triênio 2009-2011 e vem ampliando sua participação do longo do tempo, por meio do aumento do número de projetos pactuados e do número de unidades organizacionais participantes do Programa na Anvisa.

Abaixo, você terá acesso ao plano de trabalho dos projetos pactuados para o triênio 2018-2020, contendo: metas, objetivos, orçamento, resultados esperados, etc. Por meio desse local, você poderá também acompanhar os resultados alcançados em cada projeto ao longo de sua execução.

Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Modelagem teórico-lógica de avaliação das ações de Visa.
APLAN – Assessoria de Planejamento
Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Incorporar processos e práticas de monitoramento e avaliação das ações de regulação e vigilância sanitária à governança organizacional da Anvisa, validando uma modelagem de avaliação aplicável ao Sistema Nacional de Vigilância Sanitária.

 

Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Rede de suporte técnico científico para programas de gestão do conhecimento da Anvisa
GGCIP – Gerência Geral de Conhecimento, Inovação e Pesquisa
Associação Hospitalar Moinhos de Vento
O projeto tem como objetivo a promoção de apoio técnico-científico à Anvisa em assuntos estratégicos de interesse institucional.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Ontologia Brasileira de Medicamentos Terminologia de Medicamentos - Anvisa/ICH
GGCIP – Gerência Geral de Conhecimento, Inovação e Pesquisa
Sociedade Beneficente de Senhoras Hospitalar Sírio Libanês
Viabilizar a adequação do Brasil aos padrões preconizados pelo International Conference on Harmonisation of Technical Requirements of Registration of Pharmaceuticals for Human Use (ICH), afim de promover excelência no campo de gestão dos sistemas de informação nos contextos de necessidades assistenciais, regulatórias e logísticas.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Qualificação da Gestão das Ações Estratégias de vigilância Sanitária  no SNVS - IntegraVISA
GGCOF – Gerência Geral de Coordenação e Fortalecimento do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária
Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Subsidiar a qualificação da ação de vigilância sanitária na perspectiva do planejamento e da gestão da qualidade, por meio da elaboração de documentos e estratégias norteadoras que contribuam para maior eficiência e efetividade das ações do SNVS, no âmbito do SUS.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Gestão de riscos sanitários em estabelecimentos assistenciais de saúde de média e alta complexidade
GGMON – Gerência Geral de Monitoramento de Produtos sujeitos à Vigilância Sanitária
Sociedade Beneficente Israelita Brasileira - Hospital Albert Einstein
Habilitar profissionais da saúde, lideranças e gestores no uso de ferramentas e instrumentos que permitam análise e gerenciamento do risco para aumento da qualidade e segurança do paciente nos serviços de saúde.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
O uso da simulação realística para capacitação em qualidade e segurança do paciente
GGMON – Gerência Geral de Monitoramento de Produtos sujeitos à Vigilância Sanitária
Sociedade Beneficente Israelita Brasileira - Hospital Albert Einstein
Capacitar os profissionais que atuam nos núcleos de segurança do paciente, gerências de risco, nas equipes de qualidade e de apoio sobre conceitos de qualidade e segurança em saúde, utilizando ferramentas de investigação e análise de incidentes e riscos na área da saúde e utilização de treinamentos comportamentais.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Rede Sentinelas em Ação
GGMON – Gerência Geral de Monitoramento de Produtos sujeitos à Vigilância Sanitária
Sociedade Beneficente de Senhoras Hospitalar Sírio Libanês
Promover a articulação da rede de Hospitais Sentinela por meio de tecnologias da informação e comunicação, com a finalidade de sensibilizar e preparar seus profissionais para a prática da gestão hospitalar da qualidade, o uso racional de tecnologias em saúde e gerenciamento de riscos em serviços.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Capacitação para SNVS - Capacitação para o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) em Boas Práticas de Inspeção em Serviços de Saúde
GGTES – Gerência Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde
Associação Santório Sírio - Hospital do Coração - HCOR
Aperfeiçoamento dos profissionais do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) na inspeção dos serviços de saúde, com atuação focada na qualidade, na gestão do risco e na segurança do 
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Programa de Educação a Distância para Capacitação em Boas Práticas para o Funcionamento de Serviços de Saúde
GGTES – Gerência Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde
Associação Hospitalar Moinhos de Vento
Dar continuidade ao desenvolvimento do Programa de Educação a Distância para os profissionais que atuam nas Vigilâncias Sanitárias e nos serviços de saúde, qualificando as práticas de funcionamento dos serviços de saúde.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Curso EAD para Capacitação em Sangue, Tecidos e Células para Inspetores de Vigilância Sanitária
GSTCO – Gerência de Sangue, Tecidos, Células e Órgãos
Sociedade Beneficente de Senhoras Hospitalar Sírio Libanês
Oferecer apoio a formação contínua de profissionais atuantes na inspeção dos Serviços de Hemoterapia e Bancos de Células e Tecidos no território brasileiro, por meio da elaboração e execução de uma proposta de formação à distância, uma vez que esse formato permite atingir os profissionais das áreas mais longínquas, com bons resultados.
Título do projeto Área responsavel Hospital parceiro Objetivo geral
Plasma Rico em Plaquetas (PRP) para uso terapêutico não transfusional
GSTCO – Gerência de Sangue, Tecidos, Células e Órgãos
Sociedade Beneficente de Senhoras Hospitalar Sírio Libanês
Levantar evidências científicas e promover discussão orientada acerca do uso clínico e de boas práticas de produção do Plasma Rico em Plaquetas, orientadas para a formulação de ações regulatórias sobre o tema.