Conceitos e Definições


Comunicação escrita direcionada aos profissionais de saúde, pacientes, usuários, setor regulado e à comunidade em geral, cujo objetivo é informar a respeito do risco de ocorrência de evento adverso relacionado ao uso de produto cosmético.

É qualquer efeito não desejado, sempre relacionado a saúde humana, decorrente do uso normal ou previsível de um produto cosmético. 

 

 

É entendido como qualquer suspeita de alteração ou irregularidade em um produto assim como em uma empresa, que poderá ou não causar dano à saúde individual e coletiva.
Habilidade de descrever a história, aplicação, processos e localização de um produto, a uma determinada organização, por meios de registros e identificação.

Tecnovigilância é o sistema de vigilância de eventos adversos e queixas técnicas de produtos para a saúde na fase de pós-comercialização, com vistas a recomendar a adoção de medidas que garantam a proteção e a promoção da saúde da população.

A Tecnovigilância visa à segurança sanitária de produtos para saúde pós-comercialização (Equipamentos, Materiais, Artigos Médico-Hospitalares, Implantes e Produtos para Diagnóstico de Uso "in-vitro").