Semana Mundial de Uso Consciente de Antibióticos

Vigilâncias sanitárias


Na semana de 12 a 18 de novembro de 2018, todo o SNVS é  chamado a engajar as diversas frentes de atuação da vigilância sanitária com vistas a promover a conscientização de diversos públicos para a questão da resistência aos antibióticos.

Com o tema “Procure recomendação de um profissional de   saúde qualificado antes de tomar antibióticos”, a semana mundial de uso consciente dos antibióticos busca alertar a sociedade para esse recurso precioso. Antes de tomá-los, é importante que as pessoas busquem orientação. Isso não só garante que os pacientes tenham o melhor tratamento; o uso responsável de antibióticos também ajudará a reduzir a ameaça de resistência aos antibióticos.

De que forma a vigilância sanitária pode contribuir para a Semana Mundial de Uso Consciente dos Antibióticos?

Além de distribuir materiais sobre o tema (essa página contém algumas sugestões de materiais voltados para a população de modo geral, para os prescritores e para os profissionais de saúde), as coordenações de vigilância sanitária podem planejar ações que chamem a atenção de vários atores para o problema da resistência aos antibióticos e/ou que capacitem profissionais sobre a importância do uso prudente desses medicamentos. Assim, as coordenações de vigilâncias sanitárias podem:

- Organizar eventos ou atividades temáticas no local de trabalho.

- Realizar seminários que abordem o tema a partir de diferentes perspectivas, convidando comunidade, universidade, conselhos profissionais de saúde, gestores de saúde, profissionais da assistência e comissões de controle de infecção.

- Divulgar informações da campanha e mais materiais de mídia social nas contas de redes sociais ou outros meios de comunicação locais.

- Incentivar representantes do governo local, líderes ou formadores de opinião a agir sobre a resistência a antibióticos.

- Promover práticas seguras, como o uso de antibióticos somente se prescritos por um profissional de saúde qualificado e as medidas de prevenção e controle de infecção nos serviços de saúde

- Intensificar ações de fiscalização em farmácias e drogarias visando a venda controlada de antibióticos e o seu acesso por meio de prescrição.

          

Materiais informativos:

Folheto para profissionais de saúde

Folheto para prescritor

Folheto para população