De 13 a 17 de novembro de 2017


Os antibióticos são medicamentos utilizados para eliminar as bactérias e tratar doenças provocadas elas, mas as bactérias têm mecanismos para se defenderem quando são expostas repetidas vezes e por longos períodos aos antibióticos. A resistência aos antibióticos é uma defesa natural das bactérias e pode ser transferida para outras bactérias no meio-ambiente e para as gerações seguintes, com alta capacidade de disseminação. Apesar de ocorrer naturalmente, o problema tem se agravado a partir do uso inadequado de antibióticos tanto na saúde humana quanto dos animais. Por isso, está cada vez mais difícil tratar um crescente número de infecções e a resistência aos antimicrobianos está sendo considerada uma das maiores preocupações globais em saúde pública

O enfrentamento ao problema requer a participação de toda a sociedade! Nesse sentido, a Organização Mundial de Saúde promove a Semana Mundial de Uso Consciente de Antibióticos, que ocorre de 13 a 17 de novembro de 2017. Com o tema “Procure recomendação de um profissional de saúde qualificado antes de tomar antibióticos”, a semana mundial de uso consciente dos antibióticos busca alertar a sociedade para esse recurso precioso. Antes de tomá-los, é importante que as pessoas busquem orientação. Isso não só garante que os pacientes tenham o melhor tratamento; o uso responsável de antibióticos também ajudará a reduzir a ameaça de resistência aos antibióticos.

Acesse a página da Organização Mundial de Saúde sobre a semana.

Conheça o Plano de Ação da Vigilância Sanitária em Resistência aos Antimicrobianos e seu painel síntese.

 


 

O quanto você sabe sobre resistência aos antibióticos?

 

Teste seus conhecimentos com nosso quiz!

Vigilâncias sanitárias

SNVS

De que forma a vigilância sanitária pode contribuir para a Semana? Saiba mais

Profissionais de saúde

Colabore com o desafio

Como os profissionais de saúde podem ajudar? Conheça nosso material

Pacientes

A informação é o melhor remédio

Saiba o que você pode fazer para prevenir infecções e conter a resistência aos antibióticos.